prova-falsa-mec

Tema de redação que provocou onda de preconceito da extrema-esquerda foi definido pelo governo Dilma

No Enem de 2016, o governo definiu o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, o que serviu de estopim para uma onda de comentários preconceituosos dirigidos por simpatizantes da extrema-esquerda contra católicos e evangélicos.

O assunto chegou a ser apontado como tema da redação do ano passado, mas foi substituído por feminismo e violência contra a mulher. Na época, o MEC sugeriu que as notícias sobre o tema da prova eram falsas. No entanto, coincidiu do tema ser utilizado neste ano.

Especialistas já trabalham com a hipótese de uma sindicância, já que a antiga gestão do MEC exibiu em uma postagem de 2015 o que seria a prova aplicada nesta edição do exame. A principal hipótese é que a gestão petista tenha vazado a prova. Até o momento, MEC e INEP não prestaram esclarecimentos sobre as coincidências nas provas.

Compare:

prova-falsa-mecredacao-comparada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s