Invasores do Instituto de Educação do Paraná prometem desobedecer a ordem de reintegração de posse

Os invasores do Movimento Ocupa Paraná decidiram em assembleia, que resistirão à reintegração a Ocupação do Instituto de Educação do Paraná. O grupo promete enfrentara a Polícia Militar, e que só sairão de lá após “luta”.

O motivo da aposta é simples: os invasores sabem que a PM paranaense e o governo Beto Richa saíram prejudicados do embate com os sindicalistas que foram às ruas junto com black blocs para derrubar o governo no início de 2015. A imprensa de extrema-esquerda soube tirar proveito da situação, fragilizando a imagem do governo.

O que o grupo pretende agora é constranger o governador, que não possui uma boa equipe de articulação de governo ou de comunicação. É o último recurso, uma vez que a Justiça determinou a reintegração de posse de todos as escolas ocupadas em Curitiba.

Anúncios

Um comentário sobre “Invasores do Instituto de Educação do Paraná prometem desobedecer a ordem de reintegração de posse

  1. O termo invasores esta muito errado o termo correto é ocupantes.E o Instituto de Educação não resistiu foi desocupado no dia do pedido de reintegração,então a matéria contem informações falsas.

Deixe uma resposta