Diário de Pernambuco volta atrás sobre tiros disparados por PM de SP em escola, mas não assume que forjou a noticia

Mais cedo o jornal Diário de Pernambuco publicou uma matéria mentirosa em que acusava a PM paulista de ter atirado com balas letais em uma suposta escola ocupada no município de Guararema. O que houve de fato foi a desocupação de uma escola invadida pelo MST após uma ação da polícia contra o grupo.

Mais polêmico que a mentira foi a foto usada para ilustrar a matéria. O jornal exibiu uma foto de um projétil intacto afirmando tratar-se de “estilhaços que haviam atingido uma mulher”. O jornal não apresentou a identidade da tal mulher.

Leia a justificativa do jornal:

cartaanuncio

Anúncios

2 comentários sobre “Diário de Pernambuco volta atrás sobre tiros disparados por PM de SP em escola, mas não assume que forjou a noticia

Deixe uma resposta