obama

Obama faz insinuações críticas ao FBI sobre a polêmica dos e-mails de Hillary

O presidente dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Barack Obama, depois de uma campanha acirrada contra a atual senadora Hillary Clinton, do mesmo partido, para ser nomeado em sua primeira eleição, agora a está defendendo na eleição presidencial. Apesar de fazer algum esforço para transparecer isenção e não-interferência, Obama, nesta quarta-feira, formulou sutilmente uma crítica questionável ao trabalho do FBI, que investiga as trocas de e-mails realizadas pela então secretária de Estado ilegalmente a partir de um servidor privado.

De acordo com Obama,  em tradução do G1, “existe uma norma segundo a qual, quando existe uma investigação, não se trabalha com base em insinuações, em informações incompletas”. Ele lembrou ainda que o FBI já havia concluído, no passado, que Hillary cometeu erros, mas isso não justificaria sua submissão a processos judiciais.

A verdade é que o Partido Democrata, embora aparentemente ainda mantenha a vantagem no colégio eleitoral, já vê os efeitos do escândalo com Hillary sobre as pesquisas que registram o voto popular, e, preocupados, seus representantes acabam soltando palavras que não deviam. O presidente Obama não precisa ensinar o FBI a fazer o seu trabalho.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s