ocupa

Até a imprensa de extrema esquerda já admite derrota dos invasores de escolas

O portal Diário do Centro do Mundo republicou uma notícia do jornal El País (também de extrema esquerda), onde fica clara a constatação geral de que os invasores de escola estão cada vez mais desarticulados. De acordo com a notícia, mais da metade das escolas já foram desocupadas.

Mais da metade dos colégios paranaenses já foram desocupados, mas protesto cresce em outros estados

Do El País

Oficiais de Justiça do Paraná fizeram nesta terça-feira o segundo dia de peregrinação por colégios ocupados em Curitiba. Com uma lista autorizando a reintegração de posse de 25 escolas nas mãos, conseguiram desocupar entre segunda e terça ao menos nove escolas na capital. De acordo com a secretaria de Educação do Estado, desde a semana passada, 575 colégios paranaenses já foram desocupados, entre saídas espontâneas e à pedido da Justiça. Há pouco mais de uma semana, 850 escolas estavam ocupadas em várias cidades do Estado, segundo os organizadores.

Os secundaristas paranaenses, que protestam contra a PEC 241 e a reforma do Ensino Médio, começaram a perder fôlego nas mobilizações à medida que a data do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi se aproximando. Milhões de estudantes de escolas públicas dependem da nota do exame para pleitear uma vaga em universidades. A prova deste ano será realizada neste final de semana, mas as ocupações obrigaram o Ministério da Educação a adiar a data do exame para 191.494 alunos que estão inscritos em alguma unidade que ainda permanece ocupada. Para eles, o exame será aplicado nos dias 3 e 4 de dezembro. A lista do Ministério contabiliza 304 escolas que não poderão receber a prova neste fim de semana, em 19 Estados além do Distrito Federal.

Isso sinaliza que, mesmo conseguindo o objetivo de atrapalhar a realização das eleições de domingo e das provas do Enem (o que resultou em um prejuízo de mais de R$ 12 milhões para o contribuinte), o movimento Ocupa Paraná está bem mais fraco do que sinalizam seus porta-vozes. O fim do movimento pode ser questão de dias.

3 comentários sobre “Até a imprensa de extrema esquerda já admite derrota dos invasores de escolas

  1. Sugiro ao pessoal do Paraná que Monte uma equipe com eletricistas e vão as escolas ocupadas e cortem a energia. Garanto que esses invasores não ficaram um dia se quer nas escolas.

    Curtir

  2. JOrnal El País de extrema esquerda? Vocês são mal informados ou são lunáticos! El País é um jornal CONSERVADOR. O detalhe é que é jornalismo de verdade e não partidarismo.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s