images-cms-image-000522161

Sob o comando de militantes extremistas, jovens se recusam a aceitar reintegração de posse em escola invadida no Paraná

O Colégio Estadual do Paraná está passando por momentos de tensão. A instituição é uma das muitas escolas invadidas pelas militâncias de extrema-esquerda, que têm usado jovens como linha de frente e incitado a que eles resistam à ordem de reintegração de posse. No momento, há iminente possibilidade de confronto físico entre policiais e estudantes, que estão agindo sob o comando de militantes de extrema esquerda que usam adolescentes como escudo humano.

Os estudantes do CEP se recusam a cumprir a ordem judicial, que foi expedida pela juíza Patrícia de Almeida Gomes, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba. A Polícia Militar chegou ao local nesta tarde para iniciar a intervenção, mas encontrou estudantes jovens, adolescentes, sendo usados como linha de frente em iminente conflito.

As militâncias de extrema-esquerda não parecem ter se contentado com uma morte, com várias agressões e depredações. Para eles, aparentemente, quanto mais cadáveres melhor, desde que sejam cadáveres de outras pessoas que não eles próprios.

2 comentários sobre “Sob o comando de militantes extremistas, jovens se recusam a aceitar reintegração de posse em escola invadida no Paraná

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s