Secretaria Ana Seres Trento Comin, durante coletiva  sobre a greve dos professores e invasões de Núcleos Regionais.Curitiba, 06-02-15. Foto: Hedeson Alves

Secretária da Educação apela para que invasores não prejudiquem os alunos no ENEM

A Secretária de Educação do Paraná fez um apelo aos militantes de extrema-esquerda que invadiram as escolas do estado. Para Ana Seres, 72 mil alunos serão prejudicados caso as invasões continuem. É que as escolas precisam ser organizadas para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

“Peço que todos, pais, estudantes e comunidade, pensem com critério neste momento e vejam que os alunos estão sendo os grandes prejudicados”, disse a secretária.

Até agora, as invasões já prejudicaram o segundo turno das eleições, já que muitos locais de votação tiveram que ser mudados às pressas, visto que é necessária a presença de policiais e agentes do Tribunal Regional Eleitoral nos colégios na sexta-feira para a preparação das seções eleitorais. Além disso, os alunos perderam parte do período final de preparação para o próprio ENEM.

De acordo com a secretária, as perdas podem ser irreparáveis. “Não queremos que nossos estudantes sejam mais afetados do que já foram, pois cerca de 460 mil alunos da rede pública estadual estão sem aula neste momento devido às ocupações, às vésperas do Enem e dos vestibulares”. E completou: “Como educadora, o que mais lamento é perda de conteúdo e eventuais hostilidades entre grupos de posturas diferentes dentro das escolas. Isso é desnecessário”.

2 comentários sobre “Secretária da Educação apela para que invasores não prejudiquem os alunos no ENEM

  1. Enquanto a maioria do povo está adormecida, fingindo que não vê o que está acontecendo com Brasil depois que este governo ilegitimo é autoritário tomou o poder, estamos caminhando a passos largos rumo a uma catástrofe social: tudo que foi conquistado com muito esforço em décadas pode está em perigo. A educação, a saúde, a previdência, todas estas conquistas sociais podem estar em perigo com a PEC 241, pois ela reduz os investimentos nestas áreas, mas não mexe com os juros, que continuarão estratosféricos. Ou seja, se vamos continuar pagando juros escorchantes sobre a dívida, não vai sobrar dinheiro para mais nada. Em outros países que adotaram a limitação de gastos, também foram limitados os juros da dívida e o montante a ser pago aos especuladores, de modo que todos orçamento reduziu proporcionalmente sem afatar uma área específica. Em países de primeiro mundo nem se cogita reduzir gastos cm educação e saúde, pelo contrário, a tendência mundial é de aumento nos gastos nestas áreas, porque são essenciais para o futuro.
    Enfim, estamos parados, inertes feitos imbecis teleguiados pela mídia.

    Curtir

  2. Os alunos são rebeldes sem causa, adoradores do caos. Se todos os problemas causados a educação não surgiram no atual governo por que ir contra uma lei que limita gastos pra não afundar o que ainda resta da economia. Por que não fazem uma manifestação pacífica pedindo a reforma política pra cortar uma grande fatia dos gastos que também são gerados pela nossa classe política , invadir escolas com desculpinhas fajutas é dar um tiro no pé, pois o vestibular está aí e o Enem também e quem estuda em escolas particulares agradece a falta de preparo dos seus concorrentes de escola pública.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s