ocupe

Escândalo: escola invadida tem até aulas de guerrilha para menores

O festival de infâmia e abuso de menores segue nas invasões de escolas, mais uma vez demonstrando o caráter golpista e ideológico do movimento de invasões de escolas, os organizadores estão ministrando aulas de guerrilha para menores. Veja o print abaixo.

Trata-se de uma postagem da página Ocupa Estadual com cronograma de atividades ministradas aos alunos do Colégio Estadual Espírito Santo, em Ponta Grossa. Como se vê em postagens semelhantes, a doutrinação é um dos objetivos do militantes de extrema-esquerda que comandam o movimento.

ocupe

ocupe

ocupe.png

As invasões de escolas no estado do Paraná são comandadas pelo movimento Ocupa Paraná, uma frente que reúne grupos ligados à partidos de extrema-esquerda como PT, PCdoB, PSOL e PSTU.

16 comentários sobre “Escândalo: escola invadida tem até aulas de guerrilha para menores

  1. “Guerrilha, forum memória de justiça”. Tá bem claro na frase (mesmo que vocês não tenham se prestado a se informar sobre o contexto) que se trata de uma aula de história, provavelmente sobre guerrilhas na ditadura no Brasil. Não uma formação de guerrilheiros como vocês malucamente insinuam aí. Não sei se escreveram isto aqui em uma inocência muito grande ou querendo enganar mesmo. De todo jeito, melhorem! Legal defenderem o ponto de vista de vocês, mas tentem fazer isso com argumentos, e não com histeria, paranóia e desinformação, ok? Combinado?

    Curtir

    1. Vcs aliciam mentes de menores vcs merecem vala argumentar com vcs é tempo perdido vcs são doentes sofrem de esquerdopatia são mintomanos contumazes além de bandidos e maus caráter, como vcs querem defender uma ideologia assassina e q apenas servem a alguns poucos e esparrama pobreza , venha debater história comigo seu verme , é não mintam a jovens ignorantes quem se aproveita da ingenuidade e ignorância alheia é bandido ………

      Curtir

    2. De qualquer maneira, inserir o assunto guerrilhas num momento assim de invasão de escolas é bastante inoportuno. E não sejamos ingênuos, a ponto de não saber que serão abordadas as ações de guerrilha que servem sim como ensinamento de como se faz ou não se faz movimentos de guerrilha. Guerrilha, seja de que forma for, não deveria ser assunto para crianças e adolescentes, que deveriam estar estudando matemática e ciências por exemplo !!!

      Curtir

    3. É sabido que os cursos de história, ciências políticas, sociologia entre outros estão contaminados com comunistas, portanto é como o texto diz, uma vergonha, um perigo iminente para o futuro da democracia! Porque não ensinam português nesses aulões?

      Curtir

  2. Pelo amor de Deus, consertem isso! essa escola fica no Estado do Espírito Santo, em sua capital Vitória! eu estudei lá. Se não repararam a cor da escola é a cor da bandeira do estado! vocês vão passar vergonha!

    Curtir

  3. Apesar de tudo que vimos nesses últimos anos, esse treinamento de guerrilha, realmente, chocou. É possível isso? Quem está comandando esse treinamento? Vão ensinar usar armas?
    Socorro!

    Curtir

  4. Eles estao avansando pelo lado mais facil que e doutrinar os adolecentes e encinar a combater com tatica de guerrilha urbana e depois parti pra selva cm foi em 64 so cm mais estrutura.O Exercito Brasileiro tambem saberar combater cm mais eficiencia exterminando todos

    Curtir

  5. Realmente a histeria e o descontrole e grande, sem tamanho…. Não se vê em um momento algum na programação do dia a dia indicações de aulas de guerrilha……Acho que o ministerio da educacao deveria até adotT esta grade do horários no dia a dia das escolas públicas…. As aulas seriam muito mais aproveitadas e constritivas….. Participação de todos em todos os nomentos e aulas, também no lazer e na limpeza e manutenção do espaço onde estudamos……A tamanha histeria se explica pelo fato de simplesmente o povo( alunos) saberem se organizar e fazer acontecer….E e claro pra quem esta acostumado a pegar td pronto, não aprendeu a construir nada, não se esforça ao menos em construir um pensamento fuca louco mesmo, a ver onde estes alunos podem chegar e a maus ousadia de saber se organizar….

    Curtir

  6. As mesmas velhas práticas de doutrinação da juventude, como foi nos anos 60… Não sabem fazer algo novo, interessante, positivo, construtor? Essa jogada é muito antiga… Já foi feita, e não deu em nada…

    Curtir

  7. A denúncia gravíssima revela o caráter político das ocupações. Estudantes que “recebem pautas” e não sabem discutir o conteúdo. A escola, para bem da verdade, se localiza o Espírito Santo. Estudei nela. O ensino era bom, era uma referência, agora caiu a níveis lastimáveis.

    Curtir

  8. A que ponto chegamos!!! Cadê os defensores do ECA? Se até os 16 anos, o sujeito não é emancipado, os pais são os responsáveis por seus atos. Daí, é convocar os pais, invadir as escolas com a policia e entregar aos pais. Fácil e legal. Os maiores de 16 anos manda para os abrigos e aplica a lei de internação até a maioridade. Os prejuizos materiais, apura-se o total e cobra-se dos pais em proporção. É ponto final. Cadê as autoridades competentes? Passou da hora!!!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s