Depois de reclamar de Power Point, petistas agora reclamam de planilhas Excel após novas provas contra Lula

De acordo com os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira (este último, aliás, investigado na Lava-Jato também), Lula ‘nunca recebeu recursos ilegais’. A defesa do ex-presidente não possui mais nenhum argumento jurídico de fato, então partiu para a defesa política com base em repetição de mentiras.

Desta vez, as novas denúncias apresentadas contra Lula usaram o recurso auxiliar de uma planilha de Excell. Como da última vez, no caso do Power Point, desta vez atacaram o método usado, sem provar a inocência do réu em momento algum. É como se, ao ser acusado de roubar bananas, o ladrão dissesse que a roupa do bananeiro é muito feia, como se isso o abonasse de culpa.

No mês passado, até a jornalista Cristina Lobo, que tem claras inclinações ao petismo, disse que os advogados de Lula esgotaram tudo o que tinham para defendê-lo.

Anúncios

Um comentário sobre “Depois de reclamar de Power Point, petistas agora reclamam de planilhas Excel após novas provas contra Lula

Deixe uma resposta