renanjosecruzabr

Supremo julgará ação que pode fazer Renan perder o cargo

A presidente do STF, Cármen Lúcia, marcou para o dia 3 de novembro, próxima quinta-feira, o julgamento de uma ação que pode acabar tirando Renan Calheiros da presidência do Senado. Na realidade a ação não é contra Renan, trata-se de um processo para julgar se um réu pode ocupar cargos na linha de sucessão da presidência da República.

Hoje Renan é réu em vários processos, e com a atual configuração de poderes, ele é o terceiro na linha sucessória à presidência. Na ausência de Michel Temer e Rodrigo Maia, ele é quem assume o cargo.

Numa sessão realizada em 5 de maio, o Supremo afastou o então deputado Eduardo Cunha do comando da Câmara a pedido da Procuradoria da República. Um dos argumentos esgrimidos pelo relator do caso, ministro Teori Zavascki, foi justamente o de que não convinha manter a poltrona de presidente da República ao alcance de um réu.

Um comentário sobre “Supremo julgará ação que pode fazer Renan perder o cargo

  1. Esse camarada não tem o direito de ir á TV e falar aos Brasileiros em geral as asneiras que bem entender, o STF que julgar todos os processos dele e coloca-lo em seu devido lugar que é a CADEIA.
    E se com todas essas acusações que carrega poder assumir a Presidência da República quem mais não poderá, até Fernandinho Beira Mar.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s