6112015124729

Aracaju corre risco de ter prefeito do PCdoB cujas contas de 2009 foram rejeitadas 

O segundo turno para a prefeitura de Aracaju (SE) está sendo disputado por Valadares Filho (PSB) e Edvaldo Nogueira (PCdoB).

Segundo pesquisas feitas pelo Instituto Única, Valadares Filho, com 50,5% das intenções, está empatado tecnicamente com o comunista Nogueira, com 49,5%. Ou seja, ainda há um alto risco de a cidade ser gerida por um totalitário.

Recentemente, o procurador do Ministério Público de Contas Sérgio Monte Alegre emitiu parecer no último dia 3 de outubro pela rejeição das conta da administração de Nogueira em 2009, “por irregulares graves e insanáveis irregularidades”. O rombo nas contas foi de mais de meio milhão só na Saúde.

Em seu parecer, o procurador lembra que o então prefeito não repassou o mínimo exigido pela Constituição para a Saúde e para a Educação: “só isso justificaria a drástica sanção federativa da intervenção do Estado no Município”.

Conforme o Jornal NE, o procurador lembrou que, como o gestor da prefeitura é outro, não cabe mais intervenção, “mas pode responder por irregularidades”.

 

2 comentários sobre “Aracaju corre risco de ter prefeito do PCdoB cujas contas de 2009 foram rejeitadas 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s