3m9e4nj5daegath28r5bp8lyz

Carmen Lúcia lacrou ao responder para Renan

Renan Calheiros pode até ter uma parcela de razão ao criticar a Operação Métis, mas exagerou no tom ao criticar o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira.

“Um ‘juizeco’ de primeira instância não pode a qualquer momento atentar contra o poder. É lamentável que isso aconteça em um espetáculo com a participação de um ministro do governo [Moraes], que não tem se comportado como ministro e sim como polícia”, disse Calheiros de maneira irritada. E completou: “Lamento que um ministro de Estado tenha se portado sempre como não devia: dando bom dia a cavalo”.

Pois a presidente do STF não deixou barato e mandou o presidente do Senado para a casinha.

“O que não é admissível aqui, fora dos autos, é que qualquer juiz seja diminuído ou desmoralizado”, disse Cármen Lúcia, abrindo sessão do Conselho Nacional de Justiça.

“Todas as vezes que um juiz é agredido, eu e cada um de nós juízes é agredido. E não há a menor necessidade de, numa convivência democrática, livre e harmônica, haver qualquer tipo de questionamento que não seja nos estreitos limites da constitucionalidade e da legalidade”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s