Extrema-esquerda propaga campanha de ódio contra vereador de Londrina que luta pelo direito dos estudantes

Filipe Barros – vereador liberal eleito pelo PRB em Londrina – já fazia o trabalho contra a ideologia de gênero e a favor do Escola sem Partido há muito tempo. Mas a partir dessa semana, ele passou a se tornar objeto do ódio dos fascistas que estão invadindo escolas em nome de um projeto totalitário de poder dirigido pela extrema-esquerda mais truculenta de que se tem notícia.

O ódio desta extrema-esquerda aumentou após a visita do MBL à Londrina, onde Arthur do Val, do canal “Mamãe Falei” e Renan Santos, coordenador-geral do MBL, estiveram para questionar estudantes que são utilizados como massa de manobra nas invasões de escolas no Paraná.

Depois disso, os milicianos começaram a postar cartazes nas escolas para impedir a entrada do vereador Filipe nos locais, configurando uma tática de terror e intimidação.

No fundo, isso acaba transformando Filipe em um símbolo na luta pela liberdade dos estudantes e pelo direito de eles terem acesso a um ensino verdadeiro, orientado à capacitação do indivíduo para aquisição de espaço no mercado de trabalho, ao contrário dos milicianos, que, por ficarem contra a reforma do ensino médio, preferem um ensino ideologizado e inviabilizam a busca pela capacitação dos alunos aos empregos.

Veja o cartaz:

bb53306b-6435-4f4e-81d3-4255c3bd054d

Assista um vídeo em que Filipe discute a questão da ideologia de gênero nas escolas:

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Extrema-esquerda propaga campanha de ódio contra vereador de Londrina que luta pelo direito dos estudantes

Deixe uma resposta