lula-advogados-tile

Tognolli: “Vaquinha do PT é suspeita, mas espero que Haddad prove o contrário”

No programa Morning Show, da Rádio Jovem Pan, foi discutido o polêmico vídeo onde o prefeito de São Paulo Fernando Haddad pede doações para quitar uma dívida de R$ 8 milhões. A polêmica vaquinha do candidato derrotado à reeleição tem causado enorme repercussão, já que o partido gastou mais do que dobro do arrecadado.

A jornalista Paula Carvalho criticou a iniciativa de gastos generalizados, sugerindo mais austeridade por parte dos candidatos. “A política é zero profissionalizada no Brasil, os políticos não conseguem nem respeitar um budget. Acho um absurdo dever esse valor”. E completou: “Ninguém faz isso em uma empresa”.

Já o jornalista Cláudio Tognolli, autor do livro “Assassinato de reputações”, lembrou das denúncias feitas contra o Partido dos Trabalhadores na esteira da Operação Lava Jato. Citando as delações, ele menciona a negociação de João Santana. O marqueteiro do PT teria denunciado o uso de dinheiro sujo na campanha do petista em 2012.

Tognolli também citou o depoimento de um dos executivos da Andrade Gutierrez.

“No dia 29 de junho, o delator Flávio Gomes da Andrade Gutierrez afirmou que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari pediu 30 milhões à Andrade Gutierrez para quitar dívidas de campanha do Haddad (a campanha de 2012).(…) Isso quem tem que explicar é o senhor Haddad”

Um comentário sobre “Tognolli: “Vaquinha do PT é suspeita, mas espero que Haddad prove o contrário”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s