Prisão de Cunha lança imperativo moral: agora tem que ser Lula

No início desta tarde deu-se a prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha. Sua prisão foi decretada, justamente, pelo juiz Sérgio Moro, o mesmo que a extrema-esquerda acusa de ser parcial e de só perseguir Lula.

Agora, um imperativo moral foi lançado. Acabou a narrativa esquerdista de que Cunha estava solto. Ele não está mais. “É a ver de Lula ser preso”, afirmam alguns. De fato, há muito mais provas contra o ex-presidente Lula do que havia contra Eduardo Cunha. Além disso, os crimes do petista são bem mais graves, pois incluem até mesmo obstrução da Justiça.

A pergunta que fica agora é: Quando Lula será preso?

Anúncios

3 comentários sobre “Prisão de Cunha lança imperativo moral: agora tem que ser Lula

  1. Não sei quando será preso, mas, o povo deveria fazer festa com a prisão de Cunha hoje e quando Lula for preso. Eles fizeram farra com dinheiro público, nada mais justo que o povo festejar suas prisões.

    1. Sim mas parece que a justiça não tem interesse em prender o maior bandido da historia Brasileira que e Luiz Inácio Lula da Silva a justiça tem que ser para todos eu não sei o que ekes estão esperando fala que tem provas mas o larápio continua solto

Deixe uma resposta