O jornalista bolivariano Glenn Greenwald sofre um baita tombo com a prisão de Cunha

Em 30 de julho, o jornalista bolivariano Glenn Greenwald – propagandista dos projetos totalitários socialistas na América Latina -, havia feito uma “previsão”.

Segundo ele, havia um acordo entre Temer e Cunha para “salvar a pele” do último, como forma de pagamento pelo impeachment de Dilma. Logo, o impeachment serviria para garantir a liberdade de Cunha. Se Dilma voltasse ao poder, segundo ele, aí Cunha poderia ser preso.

Desde aquela época, tudo dava a impressão de uma baita teoria da conspiração inventada a título de propaganda política pró-PT.

A prisão de Cunha, por sua vez, demonstra o fato: a narrativa realmente não passava de um factoide servindo a uma propaganda de baixo nível.

Reveja:

14680720_1199459060111903_1719779614981661061_n

Anúncios

2 comentários sobre “O jornalista bolivariano Glenn Greenwald sofre um baita tombo com a prisão de Cunha

  1. O indivíduo que se propõe ser jornalista, em primeiro lugar deve ser responsável e não deve ficar falando o que ele acha que acontece. Um indivíduo deste não tem crédito nem para dar notícias de conversas de bar

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s