_77003485_dwvjcfi2

Em nota oficial, governo do Equador admite que tirou internet de Julian Assange

O jornalista e ativista virtual Julian Assange tem sido, há alguns anos, uma pedra no sapato de muitos políticos e figuras poderosas do mundo. Ele é um dos dirigentes da WikiLeaks, uma espécie de wiki de notícias políticas e divulgação de informações privilegiadas.

Nas últimas semanas, a WikiLeaks tem divulgado fatos que podem comprometer seriamente a campanha de Hillary Clinton nos EUA, e por conta disso acabou se ‘exilando’ na embaixada do Equador em Londres. No entanto, após boatos de que seu acesso a internet havia sido restringido na embaixada, o governo equatoriano confirmou: ele está mesmo sem acesso.

Confira a nota oficial emitida pelo governo do Equador sobre o caso:

cvfzbkzwgaakfaa

Apesar de a nota afirmar que a decisão partiu do governo do Equador, a probabilidade maior é de que o governo americano tenha mexido os pauzinhos para manter Assange em silêncio até que as eleições acabem. Hillary tem muito a esconder e é preferível que nada disso venha à tona antes do pleito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s