STJ julgará habeas corpus de 4 integrantes do MST presos em junho por terrorismo

O Superior Tribunal de Justiça julgará, nesta terça-feira (18),  o habeas corpus dos membros do Movimento dos Sem Terra (MST) de Goiás que foram presos com base na lei de organizações criminosas e antiterrorismo.

Por agirem como milícias petistas, o geógrafo Valdir Misnerovicz e o agricultor Luiz Batista Borges estão presos há quase seis meses. Natalino de Jesus e Diessyka Lorena foram exilados, segundo informações do Movimento. O julgamento será feito pelos juízes da sexta turma, que são Maria Thereza de Assis Moura, Sebastião Reis Júnior, Rogério Schieti Cruz, Nefi Cordeiro e Ericson Maranho.

A prisão se deu após invasões e diversos atos de terrorismo propagados pelo grupo em Goiás, Santa Helena.

Anúncios

Um comentário sobre “STJ julgará habeas corpus de 4 integrantes do MST presos em junho por terrorismo

Deixe uma resposta