Lula lamentou a queda do Muro de Berlim a embaixador venezuelano

O Muro de Berlim foi construído pelos comunistas, que controlavam o lado oriental da Alemanha após a Segunda Guerra, como forma de aprisionar os cidadãos lá. A ideia era dificultar a fuga deles para o lado capitalista do país, o que acontecia com frequência, tal como hoje acontece com os cubanos que se arriscam em alto mar para fugir até Miami.

A queda do Muro, em 1989, foi um marco histórico positivo. O fim de uma era de sangue e terror vermelho havia terminado. No entanto, não parece que o ex-presidente Lula tenha ficado feliz com o ocorrido. Segundo relatório de Maximilien Arvelaiz, embaixador da Venezuela no Brasil, o ex-presidente lhe confidenciou ainda em 2011 que “uma derrota de Chávez em 2012 seria igual ou pior que a queda do muro do Berlim”.

Isso, no fim das contas, só reforça a tese de que os petistas usam a democracia apenas como um meio para seus fins totalitários.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Lula lamentou a queda do Muro de Berlim a embaixador venezuelano

  1. O juiz Sergio Moro esta cozinhando Lula em fogo brando. É que ele é gordo, desengonçado, cheios de vermes e com fezes na cabeça. Por isso ainda não foi preso. É preciso esvaziar tudo para depois enviá-lo para a cadeia, aonde é muito aguardado pelos cumpanheiros. Inclusive já se sabe que uma festa de boas-vindas está preparada por José Dirceu, Vaccari e outros. Vão servir mandioca crua ao molho de 51.

Deixe uma resposta