Artista pró-PT, Wagner Moura recusa papel em série de Padilha sobre Lava Jato

Conhecido por dar apoio irrestrito ao projeto totalitário de poder do PT, o ator Wagner Moura foi convidado por José Padilha para atuar na série que o cineasta está preparando para a Netflix sobre a Lava Jato.

O ator – que atuou nos dois filmes “Tropa de Elite” e na série “Narcos – recusou o convite.

Ao contrário do que diz a narrativa criada pelos petistas, o diretor Padilha considera a Lava Jato um marco para a Justiça no Brasil.

O diretor também promete que irá mostra imparcialmente o maior esquema de corrupção já visto no país.

Anúncios

16 comentários sobre “Artista pró-PT, Wagner Moura recusa papel em série de Padilha sobre Lava Jato

  1. Graças a Deus por não ter aceito pois seria um absurdo ele representando o Sergio Moro ou o Deltan Delano ou qqer outro da cúpula de Curitiba. Esse papel cairia como uma luva para Mateus Solano.

  2. A crítica é para ajudar:
    Escrevam os artigos primando pela notícia e pelo português escrito de forma correta! Como dar crédito para alguém que escreve ” irá mostra”??

  3. Apesar de achar apenas mais um papel que seria obviamente muito bem representado por este grande artista, a recusa só renova minha convicção de um pensar justo, parabéns.

Deixe uma resposta