canduva-presidio-fed

Governo Temer quer endurecer regras para soltar presos

De acordo com as regras atuais, criminosos podem ser liberados em condicional após cumprimento de 1/6 da pena. Isso significa que se alguém foi condenado a 30 anos de prisão, mas obteve bom comportamento na prisão, após 5 anos poderá sair da cadeia e viver em sociedade, ainda sob liberdade condicional.

A reforma proposta pelo ministro Alexandre de Moraes aumenta o tempo mínimo de cadeia para a metade da pena, 3 vezes mais do que é atualmente.

Se a reforma passar, um bandido condenado a 5 anos de cadeia por roubo qualificado com uso de arma de fogo, que hoje em dia pode ser solto depois de apenas 11 meses, permaneceria preso por ao menos 2 anos e 6 meses.

6 comentários sobre “Governo Temer quer endurecer regras para soltar presos

  1. É pouco ainda… acho que precisamos ser mais duros com penas mais brandas… roubo 15 anos sem dó… latrocínio/homicídio 30 anos sem dó… corrupção 40 anos sem dó… nada de redução de pena, nada de saidinhas de natal, dias dos pais etc… Só assim quem está aqui fora não vai se arriscar a roubar e matar e praticar corrupção… o crime tem que NÃO VALER A PENA esse é o ponto…só isso vai resolver.

    Curtir

  2. Um processo usa tempo, trabalho de ambos lados.Uma vez chegada a decisão da corte, que se cumpra. E os que usufruiram desgaste e gastos do poder público que paguem com trabalho e não recebam auxilio prisão e nem concessões sexuais como hoje em dia acontece.Prisão não é Colônia de Ferias

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s