luiz-inacio-lula-silva

Encurralado pela Justiça, defesa de Lula insiste em tese ridícula de “perseguição”

Em face da nova acusação contra Lula, aquela que o envolve em um grande esquema de uso do poder executivo para favorecer empreiteiras em obras realizadas em países cujos governos eram aliados do PT, a defesa do ex-presidente ficou sem argumentos jurídicos e insistiu, mais uma vez, na ridícula tese de “perseguição política”.

Naturalmente, esta narrativa não tem embasamento algum, tanto é que ninguém a leva muito a sério fora do PT. Até mesmo um dos advogados de Lula está envolvido em seus esquemas, o que comprova o tamanho da podridão.

Conforme o jornal Folha de São Paulo, a denúncia já é a terceira contra o ex-presidente: a acusação mais famosa é a de recebimento de um apartamento triplex no litoral de São Paulo e de um sítio no município de Atibaia como forma de propina em consequência de favorecimento de grandes empreiteiras ligadas ao governo. A atual acusação aponta que Lula teria utilizado o BNDES para beneficiar a construtora Odebrecht em obras conduzidas em Angola – nação ideologicamente alinhada com a última administração.

3 comentários sobre “Encurralado pela Justiça, defesa de Lula insiste em tese ridícula de “perseguição”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s