kotscho

Jornalista petista, Kotscho reconhece: extrema-esquerda perdeu de goleada

Jornalista e militante petista histórico, Ricardo Kotscho comentou em seu blog a vitória do governo na aprovação da PEC antipedaladas. Para ele, a vitória foi por goleada.

Escreve Kotscho:

Os números finais no placar eletrônico da Câmara, após nove horas de sessão para aprovar a PEC do Teto dos Gastos, não deixam margem a dúvidas: o governo de Michel Temer tem o controle do Congresso e estabeleceu uma nova relação de poder no país em apenas cinco meses no Palácio do Planalto.

Não por acaso, é a mesma proporção de votos da vitória dos partidos da base governista contra a oposição nas eleições de 2 de outubro.

Temer partiu para o tudo ou nada _ e venceu por goleada. Foi uma vitória pessoal do presidente e uma sinalização para o mercado interno e os investidores estrangeiros de que tem uma ampla e sólida maioria na Câmara e no Senado para aprovar as reformas, algo que a ex-presidente Dilma Rousseff não conseguiu em nenhum momento do seu segundo mandato _ e, por isso, caiu.

Ainda segundo Kotscho, a vitória mostra que o governo terá forças para aprovar outras reformas (caso tenha vontade política). Kotscho aponta que essa força irá pautar a política nacional, não oferecendo qualquer chances à oposição de extrema-esquerda. Para o jornalista, nem o STF sustenta mais a extrema-esquerda como antes.

A segunda-feira decisiva em Brasília começou com uma vitória do governo, logo de manhã no STF, que negou a última tentativa da oposição de suspender a votação do teto. “Por certo, há risco de setores mais vulneráveis e menos representados politicamente perderem a disputa por recursos escassos. Porém, esta não é uma questão constitucional, mas política”, escreveu em sua decisão o relator da ação, ministro Luís Roberto Barroso.

Para completar, no mesmo dia, o ex-presidente Lula sofreria mais uma derrota na Justiça, ao ser denunciado pela quarta vez na Operação Lava Jato, desta vez por suas ligações com a empreiteira Odebrechet. Os ventos do poder viraram mesmo em Brasília.

Está aberto o caminho para o novo governo tocar a reforma da Previdência, que é considerada complementar e fundamental para o reequilíbrio das contas públicas e a retomada do crescimento na economia.

Apesar de petista e comprometido com a ala mais leal ao ex-presidente Lula, Ricardo Kotscho não tem errado em suas últimas análises. Ele previu que o PT não conseguiria barrar a Operação Lava Jato, que a ex-presidente Dilma estaria arruinando seu governo nomeando Lula como ministro e que a tese do golpe não iria convencer a população.

Um comentário sobre “Jornalista petista, Kotscho reconhece: extrema-esquerda perdeu de goleada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s