perfil-presidente-dilma-twitter

Dilma defendeu a PEC 241 no Twitter quando ainda era presidente

O jornalista Leonardo Palhuca traz uma lembrança muito incomoda para a extrema-esquerda no blog Terraço Econômico: a presidente Dilma Rousseff defendeu a proposta de contenção dos gastos púbicos, incluindo a PEC 241. A ideia veio à tona logo que Dilma venceu as eleições de 2014. Na época a candidata gerou revolta popular justamente por ter voltou atrás em seu discurso de campanha.

Quando os adversários Aécio Neves, Eduardo Jorge e Pastor Everaldo falaram em crise econômica, Dilma afirmou que “o Brasil ia bem”. Bastou o Tribunal Superior Eleitoral anunciar sua vitória que a presidente voltou atrás afirmando que a economia estava quebrada e que o país deveria adotar medidas de ajuste fiscal.

A agora ex-presidente passou os últimos dias criticando a proposta que também já foi defendida por Antonio Palocci (ministro nos governos Lula e Dilma) e Henrique Meirelles (ministro de Lula e atual ministro de Michel Temer). Nem a presidente nem a extrema-esquerda responderam aos questionamentos sobre a mudança de postura com relação à PEC 241.

No Terraço Econômico:

Após sua reeleição, Dilma Rousseff pregava um ajuste nas contas públicas para o Brasil sair da crise (internacional??) e retomar o crescimento. Não conseguiu fazer, sofreu resistência e o resto é história que contaremos aos nossos filhos.

Atualmente ela é uma crítica da PEC 241 que passou em primeiro turno ontem na Câmara dos Deputados. Mas achamos que no fundo, no fundo, Dilma apoia a PEC pelos seus tweets passados. Confira comigo no replay:

DILMA-1-DOLAR (1)-tile.jpg

43 comentários sobre “Dilma defendeu a PEC 241 no Twitter quando ainda era presidente

  1. Fala que ela apoiava a contenção dos gastos púbicos (isso eu também apoio o problema é como está sendo feito), está falando que em 2014 ela já apoiava a PEC 241 (mas como se ela é de 06/2016, ela nem era mais presidente). E deduziram tudo isso porque ela falou “O esforço fiscal não é um fim em si mesmo. É apenas a travessia p/ um tempo melhor, q vai chegar rápido e de forma ainda mais duradoura.”, sem contar que tenho aluno que monta blogs melhores e mais confiáveis que esse.

    Curtir

    1. aheheahehehaehe então pq vc está aqui lendo?
      apelou pq viu o que não gostou!
      aehehaehaeheahaheaeh fala pro seu aluno desocupa a escola e ir fazer blog
      pra viver então filha ta revoltada de mais ahehaehaehaeahehaehe

      Curtir

  2. SÓ O QUE OS PETISTAS FAZEM É QUE VALE OU É O MELHOR. DE RESTO QUEM NÃO PRESTA MESMO SÃO ELES. DEIXEM O BRASIL CRESCER, MELHORAR, TODOS FICAREM EMPREGADOS. NÃO A BAGUNÇA QUE TAVA.

    Curtir

    1. Vc assim como o autor do texto não sabe interpretar nada! Em nenhum momento ela defendeu a pec 241! Defendeu sim o óbvio ajuste fiscal que tem que ser feito! Mas não nos moldes atuais que só prejudica quem é mais humilde! E tira os ricos do preço a se pagar!

      Curtir

      1. Minha avó! Ela cometeu estelionato. Mentiu ao povo para ganhar a eleição dizendo que o país estava bem e após a eleição ganha, voltou atrás e anunciou o ajuste fiscal.
        Onde esta, no governo Dilma então, este país que ela havia nos prometido?

        (Mande todos para a cadeia, pois não tenho bandido de estimação!)

        Curtir

    2. A pedido do presidente interino Michel Temer, o líder do governo na Câmara dos Deputados, André Moura (PSC-SE), protocolou no dia 15 de junho de 2016, a PEC 214 e Dilma defendeu no twitter: “O esforço fiscal não é um fim em si mesmo. É apenas a travessia para um tempo melhor, que vai chegar rápido e de forma mais duradoura”. Observe que a ex-Presidente não se reportou para datas incansáveis para muitos brasileiros que irão morrer antes de 20 anos, mas para uma “travessia para um tempo melhor, que vai chegar rápido”. Depois de tantas listas e tantas delações envolvendo na grande maioria os maiores partidos, fica difícil acreditar que existe ainda alguém que acha “quem não presta mesmo são eles”. O que importa nesse momento é análise feita sobre a PEC, se vai garantir trabalho para quem está desempregado e pelo que se pode observar, acabaram com concursos públicos e a Globo já está sugerindo em programa que é um bom negócio trabalhar na rua vendendo “bugiganga”, mas faz parte do acordo entre “eles”. Eu faço a PEC e vocês se encarreguem de dizer que o povo está empregado, trabalhando com uma caixa de isopor nas costas. Nos damos banquete e damos a impressão de que dinheiro não falta…

      Curtir

  3. Hipocrisia é esse texto! No post dela ela não falou nada de apoiar a referida pec! Ajuste fiscal é óbvio que tem que ter! O problema é onde está sendo feito e a forma que está sendo feita! Vc só consegue convencer pessoas alienávéis! Pra não dizer outra coisa! Chega a ser criminoso!

    Curtir

  4. Lula nao deve ser preso e sim ser tirado dele o dinheiro sim dele e dos filhos deles.e toda os seus compareças.eles roubao eo brasileiro e que paga.nao eles tem que delvolver o dinheiro para os cofres publico.fui e estou sendo lezado quero fazer uma ocorrência .tem que ser mostrado a furtuna que tinha antes e fazer um limites para esses.politicos . O antes eo depois.
    Sao tudo mafiosos.canalhas adulteros hipocritas.prevericadores.
    Vcs tem é que perder tudo pois nao sao dignos dos seus salarios.

    Curtir

  5. É engraçado , o governo fala em corte de gastos , mas não tira as mordomias dos três poderes , auxílio moradia , carro oficial , auxílio paletó , passagens aéreas pagas por nós , e sem falar da corrupção que está solta aí !

    Curtir

  6. O pt se auto destruiu ao ponto de defender que o Brasil não dê certo, fosse o Temer ou qualquer outro politico estes teriam o mesmo comportamento como fanáticos, algum até doentios. Sinceramente, que brasileiros são esses, mesmo quando eu não concordava com as alianças de Lula (mensalões etc…) eu jamais torcia pra que ele nao desse certo. Eu sou brasileira.

    Curtir

  7. Todo o povo brasileiro quer uma reforma fiscal e econômica, entretanto, Dilma foi retirada do cargo justamente por não concordar com esta forma de fazer.
    O próprio Michel Temer, num ato falho, admitiu isto num pronunciamento recente no exterior, quando disse que ela foi impedida por não concordar com o chamado “Pacto para o futuro”, lembram?

    Curtir

  8. Mau caráter é pouco, hein? Apoiar um ajuste fiscal é uma coisa; congelar educação e saúde por 20 anos é outra dimensão.

    Dilma já vinha promovendo cortes na educação (nada próximo dessa magnitude, todavia) E FOI DURAMENTE CRITICADA pela esquerda por isso. Ou seja, ainda que não fosse uma mentira evidente essa matéria baixíssima de vocês, não haveria qualquer incoerência.

    Cresçam.

    Curtir

  9. O jornalista é propositalmente ingênuo? Como pode confundir o ajuste fiscal proposto pela Dilma com a PEC 241? Será que ele imagina que ajuste fiscal significa conter os gastos em todas as áreas ficando com os programas e estratégias de governo engessados?

    A história nos mostra que ações de combate a crises que tiveram sucesso foram exatamente aquelas em que os governos fizeram investimentos ampliando seus gastos? A dívida brasileira em relação ao seu PIB, não chega perto da de outros países e mesmo o FMI já reconheceu que as políticas fiscais que vinha sugerindo estavam agravando a crise.

    Curtir

  10. Esse post é de uma desonestidade intelectual gritante. O texto da presidente fala em “esforço fiscal” e todos sabem que ele se referia aos cortes de gastos implementados em 2015 (e talvez, não fosse o golpe, também em 2016). Isso é muito diferente do que se propõe com a PEC que consiste no congelamento de investimentos de médio e longo prazo em educação e saúde (e em outras áreas básicas).

    Curtir

  11. esforço fiscal é ÓBVIO que deve haver…
    a maldita PEC 241 é a PIOR opção: nem devia ser considerada…
    kkk – dizer que uma coisa é igual a outra… rsrs
    isso é nivelar muuuuito por baixo a cognição do brasileiro, viu…

    Curtir

  12. Como o Brasil vai crescer se cortarem as universidades, ensino médio? Só uma pessoa muito desprovida do tal conhecimento para acreditar nessa proposta. Acredito que você seja muito rico e possa pagar escola, médico e remédio para seus filhos se é que os tem, se é que você paga as próprias contas. E as pessoas que não podem? que não tem? Vão ficar na miséria? Ah mas, tudo bem o povo pode pagar a conta dos políticos, a escola dos ricos, mas não podem ter direito a nada? Só a calar a boca? O Povo ajuda o Brasil a crescer como você sugere e depois fica na rua da amargura? Fique você se isso lhe agrada, não precisamos sacrificar vidas para melhorar outras não, todos somos filhos do mesmo Deus e aqui nesse chão que pisamos ninguém é melhor que ninguém. Senhor Presidente de quem o apoia em sua decisões sacrifique seu salário que por sinal é muito bom e suas regalias e as de seus comparsas estará fazendo um grande favor a população Brasileira. Ah desculpa o Senhor presidente dos ricos não gosta de pobre!

    Curtir

  13. NÃO SOU PETISTA…MAS QUERIA ENTENDER A MÁGICA DO INTERSTICIO DE DATAS… NA REPORTAGEM FALA QUE A DILMA DEFENDEU A PEC 241 APRESENTADA PELO PODER EXECUTIVO EM 15/06/2016… E A DATA DO TWITTER DA DILMA É 09/mar/2015. SINCERAMENTE QUERIA ENTENDER…

    Curtir

  14. Defender esforço fiscal não é defender a PEC 241. Que o país precisa de contenção de despesas todos sabemos, então porque não começar poupando gastos com o judiciário e o legislativo, que já ganham fortunas, se comparados com o trabalhador assalariado.
    Dilma vetou aumento do judiciário por medida de contenção de despesas e foi execrada pelos “homens da lei”, mas em meio à crise, uma das primeiras medidas do ilegítimo foi um singelo aumento acima dos 40℅ para os juizes.
    Revejam a postagem e façam o exercício de entender o que diz o texto usado e o título da matéria tendenciosa desse Post.

    Curtir

  15. Mais um que acha que cria noticia com a manchete apostando que as pessoas são tolas e não lerão o texto. Até onde irão querendo enganar as pessoas? ONDE ESTÁ alguma referência de Dilma a algo parecido com a PEC 241? Ajuste fiscal é importante porém não este que retira recursos dos programas que beneficiam toda a população e transfere os recursos para pagamento de juros da dívida pública a grandes investidores.
    E outra coisa, é impressionante que cada medida impopular que este usurpador golpista tenta enfiar goela abaixo querem atribuir à Dilma e os incautos midiotizados vão atrás. Até quando acham que conseguirão seguir com a farsa?

    Curtir

  16. post falso, sujo e aproveitador…a pec 241 nem existia, ela era sim favorável a mudanças inclusive na educação, mas lembro perfeitamente da fala dela: ”essas mudanças no ensino precisam ser amplamente discutidas com as entidades mais atingidas”….cade a discussão incentivada pelo governo atual;?? página mentirosa e tendenciosa…

    Curtir

  17. Galera acha que “ajuste fiscal” é sinônimo de corte de gastos. Passar a taxar grandes riquezas ou cobrar os impostos que os ricos sonegam (quase 400bi só ano passado) são também medidas de ajuste fiscal.E ainda falam que é a esquerda que não entende de economia kkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  18. No final do primeiro parágrafo há um erro de português: “(…)justamente por ter ‘voltou’ atrás em seu discurso de campanha.”
    O correto seria: “(…)justamente por ter ‘VOLTADO’ atrás em seu discurso de campanha.” Pois, o verbo em questão, está no particípio e é precedido pelo termo “ter”(no modo impessoal). Corrija lá, que fica bem melhor. No geral, um excelente texto! Continue…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s