Para manter hegemonia, PT pede a militância que apoie Rede, PCdoB e PSOL no 2º turno de maneira “incondicional”

Em sua última reunião, a Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores emitiu uma resolução conjunta em que ordena à militância que apoie os candidatos de PCdoB, PSOL, PDT e Rede nas cidades onde estes partidos estiverem concorrendo no segundo turno. No entendimento da Comissão, o apoio a esses candidatos deve ser “incondicional”.

lula-advogados-tile.jpg

O teor da resolução já era esperado, principalmente por conta da participação da Rede na luta contra o impeachment e depois no golpe que manteve os direitos políticos da ex-presidente Dilma Rousseff. O comunicado vem um dia após a Rede ter feito uma publicação em sua página  no Facebook onde nega ser linha auxiliar do PT, apesar do extenso histórico de colaboração entre os dois partidos. A publicação em que a Rede nega ser puxadinho do PT pode ser vista abaixo.

https://media.giphy.com/media/3oz8xSgbncy8bJmwEg/giphy.gif

.

A intenção do PT é manter o que foi possível da hegemonia da extrema-esquerda nos municípios. Não só o PT, mas todos os partidos pertencentes a esse espectro político foram severamente castigados nas urnas. O PCdoB só conseguiu contrariar a regra no Maranhão, onde conseguiu aumentar o número de prefeituras graças ao aparato do governo estadual do comunista Flávio Dino, mas ainda assim em coligação com partidos considerados “golpistas”, como PP, PSDB e DEM.

 Já o PSOL chegou a falar publicamente em crescimento, mas segundo dados levantados pelo jornalista Reinaldo Azevedo, o partido decresceu em relação à 2012: só conseguiram eleger dois prefeitos em todo o país (ambos no Rio Grande do Norte), e ambos os candidatos que vão ao segundo turno em Belém e Rio de Janeiro obtiveram menos votos este ano do que na última campanha municipal. A Rede de Marina Silva também não decolou, principalmente por conta de sua associação ao petismo.

Na resolução, a Comissão pede ainda que o partido deposite forças nas candidaturas disputadas pelo partido neste segundo turno: Recife, Juiz de Fora, Santo André, Mauá, Vitória da Conquista, Santa Maria e Anápolis. Segundo pesquisas de intenção de voto, os candidatos não lideram a corrida em nenhum desses municípios, o que pode agravar ainda mais a delicada representação petista.

Anúncios

Um comentário sobre “Para manter hegemonia, PT pede a militância que apoie Rede, PCdoB e PSOL no 2º turno de maneira “incondicional”

  1. A CADA DIA QUE SE PASSA A ESQUERDA AUMENTA A SUA DESGRAÇA EM MEIO A ESCÂNDALOS E MENTIRAS. O PT O GRANDE RESPONSÁVEL POR ESTA SITUAÇÃO, AGORA ESTÁ PEDINDO PARA DAR APOIO AOS INFINITAMENTE MENORES. AO REDE DE MENTIRAS E RESTO. O PT QUER CHAMAR
    O POVO BRASILEIRO DE IDIOTAS.

Deixe uma resposta