Ciro Gomes debocha de Lula: “Brincou de Deus e se queimou”

Ex-ministro de Lula e pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes resolveu dar um tempo em suas bravatas e grosserias para tirar sarro de seu principal aliado, o Partido dos Trabalhadores. Ciro afirmou que apesar do PT não estar morto, o ex-presidente Lula não pode dizer o mesmo.

“O Lula se descolou da realidade, começou a brincar de Deus e se queimou. Qual foi a reforma que o Lula propôs para todo o país fora a tomada de 3 pinos?”, ironizou o pedetista. Ele também aproveitou a ocasião para chamar Michel Temer de “golpista”.

Ciro já havia dito em março que Lula havia se “queimado”, afirmando que o líder máximo estava vivendo o fim de seu ciclo. O ex-governador é visto como a alternativa da extrema-esquerda para 2018.

Apesar do deboche, Ciro é um dos principais aliados do Partido dos Trabalhadores. Ferrenho opositor do impeachment e inimigo declarado da Operação Lava Jato, Ciro afirmou por duas vezes as intenções de “sequestrar o presidente Lula” e leva-lo até uma embaixada estrangeira para pedir asilo e evitar a prisão. Em outra ocasião, afirmou que “se fosse no Ceará, a Lava Jato seria diferente, que não haveria aquela palhaçada do Ministério Público”.

Anúncios

4 comentários sobre “Ciro Gomes debocha de Lula: “Brincou de Deus e se queimou”

  1. Depois das palhaçadas proporcionadas por esse sujeito na tentativa de defender o PT e seus ladrões, se ele se candidatar a Síndico de algum prédio não ganha. Imagina se o povo Brasileiro vai votar num individuo desse, só fala e só faz besteiras. Nunca se coloca do lado do povo.

Deixe uma resposta