Exemplo de civilidade, João Dória conseguiu dialogar até com Fernando Haddad

Fernando Haddad, atual prefeito de São Paulo, é conhecido por sua postura intransigente e beligerante com seus adversários políticos. Ele já teve arranca-rabos com jornalistas, com membros de outros partidos e até mesmo com parte do público que discordava de suas posições. O petista, na realidade, ficou conhecido por ser de longe uma das figuras mais arrogantes do Partido dos Trabalhadores.

Assim mesmo, o prefeito eleito de São Paulo, João Dória, conseguiu sentar e conversar com ele por cerca de duas horas na última sexta-feira, quando ambos discutiram a transição das duas gestões, que ocorrerá oficialmente na virada do ano.

Em comentário feito posteriormente a reunião, Dória chegou a dizer que tudo ocorrerá pacificamente e de maneira republicana, e disse que a conversa entre ambos foi bastante civilizada, apesar da rivalidade entre os dois partidos. O empresário é, provavelmente, uma das primeiras pessoas a conseguir conversar de maneira saudável e adulta com Fernando Haddad.

Veja o vídeo:

Anúncios

8 comentários sobre “Exemplo de civilidade, João Dória conseguiu dialogar até com Fernando Haddad

  1. O Prefeito eleito João Doria , tem que fazer uma auditoria completa na prefeitura, pois se tratando do PT, tem que desconfiar.
    Não que os outros partidos não roubam , mas o PT, ganha de todos.
    Espero novo prefeito faça uma gestão conforme disse em sua campanha.

  2. Meu Deus! Aqui um “jornalista” q n faz idéia sobre o q está falando. Pode falar qualquer coisa do haddad, menos q ele é arrogante. É praticamente um gentleman. Jornalista e jornal fraco sensacionalista!

  3. Temos que pensar no país estas briguinhas políticas só faz atrasar o desenvolvimento em todas as áreas. Conversar com adversários com civilidade chama-se educação, democracia,respeito pelas ideias do outro mesmo discordando.

  4. Matéria tendenciosa, partidaria e, portanto , de segunda categoria. Independente de partido político, todos sabem da formação do prefeito Haddad, professor universitário com mestrado e doutorado, ou seja, homem com largo arcabouço intelectual . Esta transição se alto nível se deve muito mais a postura republicana de Haddad do que a Doria, pois quem precisa das informações da gestão da administração pública é ele, que homem fino e educado que é está tendo reciprocidade no trato da parte de Haddad, esta é a verdade.

Deixe uma resposta