Vídeo em que Marcelo Freixo aparece discursando para elite carioca e artistas globais revolta internautas

Circulou hoje na internet um vídeo em que Marcelo Freixo aparece discursando para diversos artistas globais, dentre eles o ator Mateus Solano, as atrizes Débora Bloch e Mariana Ximenes, além de Caetano Veloso e outros.

O vídeo foi gravado na casa do ator Wagner Moura, e nele Freixo aparece apresentando suas propostas de campanha aos artistas ali presentes. Ele fala sobre as linhas do metrô, as UPPs nas favelas do Rio e outras questões voltadas ao público pobre da cidade, mas sem a presença de nenhuma pessoa realmente pobre no local.

Os internautas criticaram o candidato, especialmente pelo fato de que seu discurso foi feito para uma elite que jamais utiliza o sistema de transporte coletivo e que provavelmente nunca pisou em alguma favela de verdade. Freixo fala sobre os pobres da cidade, mas fala para um público elitizado do Leblon.

A produção foi tratada como superficial e teatral. Confira:

Anúncios

14 comentários sobre “Vídeo em que Marcelo Freixo aparece discursando para elite carioca e artistas globais revolta internautas

    1. Perfeito H.Saito …
      FROUXO discursando para minorias …
      Branca, Elitista, da Globo!
      Por que esses artistas que têm tanto “caráter” não pedem demissão da Globo Golpista?

  1. ISSO SE CHAMA APARELHAMENTO ESQUERDISTAS, PESSOAS QUE SE ACHM QUE VAO TER VANTAGENS EM SE COLIGAR COM O FUTURO MEMBRO DO PODER , EU ACHO QUE SO FALTA O FROUXO INCORPORAR O ESPIRITO DO BOLSONARO PARA PEGAR VOTO DA DIREITA AHJAHAH ESSE VAI ONDE TEM O DOCE . PILANTRA BUSCANDO O PODER , DEPOIS QUE TEM A BENEDITA TOMANDO GRANA DO CRIME ESSE E A CONTINUACAO
    REVELU

  2. Ele falou para elite sobre o seu programa, que é voltado para a população mais pobre e que mais necessita de serviços públicos de qualidade. O que vocês querem, que ele invente um programa para a elite? Que não dialogue com todos os setores sociais? 80% da campanha do primeiro turno foi realizada nas zonas norte e oeste, onde há maior concentração de pessoas pobres. Ele não discursa para o público alvo? Isso é picuinha barata, mais uma, da turma conservadora que está morrendo de medo do PSOL chegar ao poder na cidade!

  3. Que falta de nexo causal! O Freixo está apresentando suas propostas para este nicho, como fez na Maré, Na Tijuca é em outros lugares e periferia do Rio.
    Os atores que não se misturam com o público e não o Freixo.

  4. Os globais não são brasileiros? Não moram no Rio? Não podem participar de melhorias, mesmo que não utilizem o transporte público? Isso é ridículo no Brasil. Se ele fala para os ricos, é oportunista. Se fala para os pobres, também. Parece que nunca vamos conseguir dialogar entre as classes sociais. Só conseguiremos reduzir essas desigualdades se discutirmos nossos problemas com todos e, quem puder contribuir de alguma forma, que contribua. Que infantilidade isso…

  5. Bem , tudo que estou vendo , já foi visto por mim e milhões de brasileiros nos anos 80.
    Hoje , no século 21 a história se repete, porquê?
    Por que a atitude dos artistas é a mesma da classe elitizada da zona sul do Rio de Janeiro, como sempre foi , a mesma do passado, detesta pobre, favelado, não atravessa túnel, estuda em universidades públicas, ou são abastados da PUC, frequentam bares e restaurantes da moda , mas tem sentimentos, são hipócritas, sabem que detestam ajudar alguém, mas precisam de mostrar que sim, como? Votando no socialistas, eles se sentem o próprio , vão às urnas, votam, limpam aos mãos e pensam , dever cumprido.

Deixe uma resposta