ONG ligada ao PSOL patrocina artigo racista contra Fernando Holiday

A ONG Geledés, que é ligada ao PSOL, tem pelo menos três artigos em seu site atacando Fernando Holiday, candidato a vereador pelo DEM de São Paulo e membro do Movimento Brasil Livre. Em todos os textos, os ataques a Holiday são feitos com base em argumentos racistas, enfatizando o fato de que o rapaz é negro.

Isso tudo não seria novidade, já que os artigos em questão são todos do ano passado. Contudo, nossa equipe recebeu a informação – já confirmada – de que se alguém digitar “Fernando Holiday” na busca do Google, um destes artigos aparece no topo da lista como link patrocinado.

Para quem é leigo nestes assuntos, a explicação é simples. O Google é um site de buscas gratuito, mas é possível que uma empresa, ONG, instituto ou até mesmo uma pessoa física pague ao provedor uma quantia em dinheiro para que, caso as pessoas façam a busca por determinadas palavras, o site dela apareça no topo da lista. É assim que o Google se mantém, entre outras coisas.

bea7dac0-6c7a-4273-befb-6715208e722f

A razão pela qual a ONG tem patrocinado a divulgação deste artigo é um mistério, mas os rumores apontam para o fato de que talvez esta seja uma forma de enganar eleitores que eventualmente pesquisem o nome do candidato na internet. O texto, que acusa Holiday de racismo, na realidade é carregado de conteúdo racista contra o mesmo Holiday. As acusações, por sua vez, não são comprovadas.

Uma das motivações por trás disso é o fato de que Fernando Holiday é negro e não aceita as pautas do PSOL e seus aliados, o que faz com que seja um inimigo poderoso dos extremistas.

 

Anúncios

10 comentários sobre “ONG ligada ao PSOL patrocina artigo racista contra Fernando Holiday

  1. “…o que faz com que seja um inimigo poderoso dos ‘extremistas'”.

    Li o texto, achei razoavelmente equilibrado até que cheguei ao final do texto…

  2. Que desserviço esse, precisa puxar o histórico do Geledes que sempre atuounde forma contundente contra o racismo antes de mais nada, o vereador eleito traz vários discursos que prejudicam a luta contra o racismo, municia a elite branca sobre a pauta de cotas e finalmente caguetou a linha do MBL que pende pra direita.

  3. Fazer um artigo como esse, no qual há apenas opinião sem qualquer citação, é algo que se aproxima muito da manipulação. Acho que as questões não se tratam de “a que lado está Holiday”, é muito mais como as próprias lideranças negras vêem o jovem vereador. Não sou negra, mas me sensibilizo quando alguém que é se ofende ao ser acusado de “vitimismo” e “mimimi”. Reduzir todos os movimentos sociais em pró da igualdade de gênero, etnia, cor e credo (ou qualquer outra minoria que aqui se encaixe) a “mimimi” é “vitimismo” é, no mínimo, desumano.

  4. Meio difícil confiar na Credibilidade de uma matéria em um Blog feito no WorldPress sem Assinatura…
    Pra mim a Balança ta Reta… a Ong pode ser Patrocinada mas esse Bloguinho aqui também não fede nem cheira..
    Boa sorte!

Deixe uma resposta