Mídia Ninja pode estar por trás do ato de vandalismo contra Monumento às Bandeiras

Como noticiado aqui, o Monumento às Bandeiras, localizado no Parque do Ibirapuera, foi alvo de um ato de vandalismo. Considerado um dos mais icônicos cartões postais de São Paulo, o monumento assinado por Victor Brecheret amanheceu pintado com cores semelhantes às da bandeira da Venezuela. A estátua de Borba Gato localizada em Santo Amaro também foi alvo dos criminosos.

A autoria e motivação do crime eram desconhecidas, até que uma postagem do Mídia Ninja jogou luz sobre o caso. Em uma postagem no Facebook, o coletivo de extrema-esquerda comemorou os ataques, e relacionou o crime ao debate entre os candidatos à prefeitura de São Paulo exibido pela TV Globo na noite de ontem.

 tico.jpg

A referência é clara: durante o debate, os candidatos Marta Suplicy e João Doria trataram do tema do vandalismo, incluindo as pichações. O consenso quase geral entre os candidatos, era de que a pratica é criminosa. Nas redes sociais, os militantes não gostaram da afirmações, já que estes grupos utilizam a violência e o vandalismo como armas políticas.

As autoridades ainda não se manifestaram sobre essa possibilidade, mas a referência não pode ser ignorada. Não havia motivo aparente para os ataques, que não fosse o debate entre os candidatos. O Mídia Ninja é o mesmo coletivo ligado aos violentos black blocs. Recentemente, descobriu-se que o grupo é financiado pelo especulador George Soros. Soros é conhecido por financiar movimentos radicais com o intuito de enfraquecer a democracia no Ocidente e criar um ambiente favorável para seus negócios.

Anúncios

2 comentários sobre “Mídia Ninja pode estar por trás do ato de vandalismo contra Monumento às Bandeiras

Deixe uma resposta