Lava Jato está de olho na empresa de palestras de Lula: movimentou R$ 52 mi

A força tarefa da Lava-Jato está de olho em outra das “fontes de renda” do ex-presidente Lula. O alvo, dessa vez, é a empresa de palestras, LILS Palestras, Eventos e Publicações. Só em 2014, ano em que a Operação Lava-Jato começou, a empresa registrou a distribuição de R$ 5,3 milhões em lucros para o petista.

DENUNCIA TRECHO LILS 5,3 MI SAQUE

“A LILS Palestras, Eventos e Publicações distribuiu a Lula, a título de lucro, R$ 7.589.936,14, ou seja, 36% do total auferido pela entidade no período (destacando-se que a maior retirada, de R$ 5.670.270,72 aconteceu em 2014, ano da deflagração da fase ostensiva da ‘Operação Lava Jato’)”, registram os procuradores da Lava Jato, na primeira denúncia que levou Lula ao banco dos réus, em Curitiba, na terça-feira, 20.

Criada para que o ex-presidente pudesse dar palestras, a LILS movimentou entre 2011 e 2015 um total de R$ 52,3 milhões. Foram R$ 27 milhões recebidos, a maior parte de empreiteiras e grandes empresas, e R$ 25,2 milhões em débitos.

QUEM PAGA A LILS

É natural que a empresa seja mesmo alvo de investigação, uma vez que a movimentação financeira é bem maior do que os serviços prestados. Na realidade, é completamente incompatível. Além disso, Lula sempre disse que grande parte de seus ganhos após a saída da presidência são originados desta empresa, o que faz levantar ainda mais a suspeita de que a LILS seja, na realidade, usada para lavagem de dinheiro.

Anúncios

3 comentários sobre “Lava Jato está de olho na empresa de palestras de Lula: movimentou R$ 52 mi

Deixe uma resposta