Assessor do deputado Marcelo Freixo é condenado por agressão contra a ex-mulher

O assessor parlamentar de Marcelo Freixo (PSOL), candidato a prefeitura do Rio de Janeiro e deputado estadual licenciado, chamado Valdinei da Silva, o “Dinei”, foi condenado pela justiça através da Lei Maria da Penha. Ele esteve lotado no gabinete do deputado estadual desde o ano passado, e continua a participar de atos da sua campanha eleitoral. No último domingo (25), por exemplo, acompanhou o deputado no debate entre os candidatos na TV Record.

Freixo foi procurado pela revista Veja e alegou que exonerou Dinei do cargo de assessor assim que soube do caso, contudo, o mesmo continua participando de sua campanha, e isso ele explica pelo fato de Dinei ser “voluntário”, o que na prática não muda muita coisa.

Outro ato falho do candidato e deputado é que Dinei, na realidade, foi nomeado ao cargo de assessor em 2015, sendo que o episódio que gerou a sentença judicial ocorreu mais de um ano antes, em dezembro de 2013. Ou seja, ele já era no mínimo acusado de agressão antes de ser nomeado.

Segundo a Veja, Dinei já estava separado de Jaqueline Campos do Nascimento, com quem foi casado por cinco anos, mas moravam na mesma casa. Ele pediu que ela saísse, não foi atendido e, como consta da sentença publicada pelo juiz Gustavo Kalil, “começou a dizer que a vítima veria só” e que “poderia fazer uma besteira e sair do país”. As ameaças, segundo testemunho de Jaqueline, ocorreram na frente do filho do casal.

No depoimento em juízo, a ex-mulher afirmou que Dinei tentou bater nela e que agressões concretas já teriam ocorrido em outras ocasiões, sem registro de ocorrência. “Importante salientar que, nos crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, é pacífico o entendimento de que a palavra é decisiva”, informa o juiz Kalil, que condenou Dinei a um mês de detenção e cumprimento da pena em regime semiaberto.

O tema tem aparecido com frequência nesta campanha eleitoral, sempre que o candidato Pedro Paulo Carvalho (PMDB) é questionado a respeito do processo – já arquivado no STF – em que foi acusado de agredir sua ex-mulher, Alexandra Marcondes.

Anúncios

2 comentários sobre “Assessor do deputado Marcelo Freixo é condenado por agressão contra a ex-mulher

Deixe uma resposta