O injustiçado caseiro Francenildo diz, sobre Palocci: “Poucos acreditaram, né?”

Em entrevista à Rádio CBN, o caseiro Francenildo – cujo sigilo foi criminosamente quebrado por aliados de Antonio Palocci em 2006 – fez questão de apontar o dedo na direção dos monstros que o atingiram injustamente.

Francenildo foi retaliado após ter revelado que o ex-ministro de Lula usava uma mansão em Brasília para fazer lobby, promover festas regadas a prostituição de luxo e dividir dinheiro roubado dos pagadores de impostos.

“O sentimento é que na época eu sempre estava falando a verdade. Reunião lá teve, as festinhas teve. Aquela velha história que eu sempre afirmo e até hoje afirmo. Poucos me deram ouvido, poucos acreditaram, né?”, afirmou o caseiro.

A Caixa Econômica Federal já foi condenada em segunda instância a pagar 400 mil reais pela quebra do sigilo bancário de Francenildo Costa. Infelizmente, até agora o caseiro nada recebeu.

Anúncios

3 comentários sobre “O injustiçado caseiro Francenildo diz, sobre Palocci: “Poucos acreditaram, né?”

  1. Esse país da impunidade total. A Caixa foi considerada culpada em 2ª instância a favor de Francenildo, o mínimo era pagá-lo por perdas e danos. Aos bandidos bilhões……ao caseiro…..zero. NOJEIRA!!!!!

Deixe uma resposta