Crime fiscal: TCU deve reprovar contas de 2015 do governo Dilma

Conforme o Estadão, na semana que vem, deve ocorrer a apreciação pelo Tribunal de Contas da União das contas do governo Dilma Rousseff em 2015. Espera-se que a golpista cassada tome uma nova reprovação na testa. José Múcio Monteiro é o ministro relator do processo. Ele requisitou que o TCU rejeite as contas da ex-presidente cassada, que apresentam as mesmas irregularidades que deram embasamento ao processo legal de impeachment de Dilma.

Os crimes fiscais são os mesmos: a edição de decretos de crédito suplementar em desacordo com a lei e as pedaladas fiscais com recursos do Plano Safra e do Banco do Brasil. Mesmo após avaliar a defesa da golpista Dilma, a Secretaria de Macroavaliação Governamental do TCU manteve o entendimento de que a gestão da petista cometeu ao menos 15 irregularidades.

Conforme o site do PSDB, o deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT) disse: “O governo dela [Dilma Rousseff] foi uma fraude, sempre com maquiagem e contabilidade criativa. Está comprovado, e ela foi afastada do seu cargo, não é mais Presidente da República. Isso facilita ainda mais o trabalho do Tribunal de Contas, já que ela não pode desmoralizar o trabalho técnico do TCU, que avalia as contas presidenciais. Eu não tenho dúvida que há irregularidades graves nessas contas”.

Leitão segue: “Tem o outro lado da moeda, o impacto financeiro que isso causa na vida das pessoas. Todo esse recurso é dinheiro público que poderia ser destinado pra saúde, educação, para tantas outras coisas. A mentira, infelizmente, não é crime para penalizar alguém, mas foi muito sórdida”.

Anúncios

Um comentário sobre “Crime fiscal: TCU deve reprovar contas de 2015 do governo Dilma

Deixe uma resposta