Em evento de apoio a Jandira, Lula ataca novamente os funcionários públicos concursados

Mais um envolvendo o ex-presidente Lula mostra a imensa boçalidade dos petistas e seus aliados. Desta vez, em um evento de apoio a Jandira Feghali, que concorre à prefeitura do Rio de Janeiro, o ex-presidente Lula voltou a atacar os funcionários públicos concursados.

Em um comentário que visava criticar, novamente, os procuradores da Operação Lava-Jato, Lula deixou escapar seu ódio quase mortal àqueles que estudaram e prestaram concurso público, se colocando acima destes em sua suposta ética.

“Vejo nesses meninos procuradores esse ódio. Eu não prestei concurso, tenho diploma de torneiro mecânico. O concurso não mede caráter, ética”, disse o ex-presidente.

A fala de Lula revoltou muita gente.

Anúncios

25 comentários sobre “Em evento de apoio a Jandira, Lula ataca novamente os funcionários públicos concursados

  1. O que mais me enoja é saber que nossa Justiça STF Juizes e muitos outros envolvidos sempre se omitiram e se compactuaram com esses marginais que aí estão, roubando o povo Brasileiro e se beneficiando com a corrupção. Hoje vemos a coragem da equipe de Moro que está represe tanto o povo brasileiro e esses marginais de toga ainda procurando defender esses bandidos.

  2. Duvido que tenha esse diploma.Um imbecil total e completao.Carater,dignidade,moral ,as pessoas nao precisamde diploma algum ,sao virtudes que vao se formando desde o berço.

  3. Ele tem ódio dos funcionários públicos concursados, das elites, mas so se hospeda em hotéis 5 estrelas e viaja jatinho, é amigo de grandes pecuarista e de dono grandes empreiteiras , LULA! incoerência é meu nome

  4. Durkein conceituada moral como a “ciência dos costumes”, sendo algo que é anterior a própria sociedade. Já no entendimento de Piaget o indivíduo vai internalizando conhecimento e saberes, construindo ética e moral. Entretanto o que se tem percebido no mundo moderno (Brasil) é que esses conceitos em relação à ética e moral foram se perdendo, levando as pessoas agirem de forma que lhes beneficie, não importando os prejuízos que poderão causar no outro, a si mesmo ou ao país. Sergio Teixeira “Administrador Concursado”.

  5. Durkein conceituada moral como a “ciência dos costumes”, sendo algo que é anterior a própria sociedade. Já no entendimento de Piaget o indivíduo vai internalizando conhecimento e saberes, construindo ética e moral. Entretanto o que se tem percebido no mundo moderno (Brasil) é que esses conceitos em relação à ética e moral foram se perdendo, levando as pessoas agirem de forma que lhes beneficie, não importando os prejuízos que poderão causar no outro, a si mesmo ou ao país. Sergio Teixeira “Administrador Concursado”.

  6. Esse boçal pode até ter um diploma de torneiro mecânico, porém nunca prestou um concurso público, pois além de não ter caráter, não tem o mínimo de inteligência para obter êxito em um certame, seja ele qual for.

  7. Este sujeito já está ultrapassando dos limites !!!! Deve ser apelação. Eu sinto vergonha por ele de tanto descaramento. Pqp dá nojo de ouvir tanta babaquices !

  8. Sou funcionário público concursado há exatos 40 (quarenta) anos. A odiosa manifestação de LULA contra os funcionários públicos, detentores de estabilidade, em razão de terem passado pelo crivo de um concurso se revelou num sentimento contido, que muitos políticos têm contra essa categoria de trabalhadores, mas não revelam publicamente. O cerne da questão é que o servidor público, com estabilidade, está a serviço da Administração Pública e, os servidores comissionados, com raras exceções, estão a serviço do Partido Político ou do agente político, que o indicou. Portanto, o desmonte e aparelhamento do Quadro de Pessoal na Administração Federal, Estadual e Municipal, no Governo do PT não foi maior, porque esbarrou na Estrutura Organizacional dos Cargos Efetivos, com direitos e deveres assegurados pela Carta Magna e legislação infraconstitucional. Esse é o motivo de LULA, destilar tanto ódio.

Deixe uma resposta