Eike vai depor em investigações das contas de Dilma no TSE

O empresário Eike Batista deve ir depor nas investigações sobre as fraudes e financiamento ilícito na campanha de Dilma Rousseff em 2014, que correm no âmbito do Supremo Tribunal Eleitoral. A decisão é do relator do caso, o ministro Herman Benjamim.

Eike foi convidado após fazer as revelações que motivaram a prisão preventiva do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Acredita-se que o empresário tenha ainda mais revelações para fazer à justiça. Também devem ser ouvidos o lobista Fernando Soares (o Fernando Baiano), o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró e o doleiro Alberto Yousseff.

O ministro decidiu não convidar a publicitária Monica Moura, esposa de João Santana, já que ela negocia delação premiada com o Ministério Público. Enquanto isso, os advogados de Eike já trabalham para negociar uma delação premiada antecipada. O empresário que afirmou ter dado R$ 5 milhões em propina para o PT, que foram destinados para a campanha de Dilma. Essas informações comprometem Dilma, e colocam a ex-presidente no caminho da cadeia.

Anúncios

Um comentário sobre “Eike vai depor em investigações das contas de Dilma no TSE

Deixe uma resposta