Vice na chapa de Haddad, Chalita não se conforma que Lava Jato esteja pautando o debate para a prefeitura

Candidato a vice na chapa do prefeito Fernando Haddad (PT), Gabriel Chalita disse em entrevista à TV Estadão e Rádio Estadão que “lamenta que temas nacionais como a Operação Lava Jato estejam pautando o debate dos candidatos à prefeitura de São Paulo.

Disse Chalita:

“Pena que campanha eleitoral esteja muito contaminada pelos temas nacionais e não tem muito como sair deles porque a mídia e a população estão discutindo, mas acho que perdemos uma boa oportunidade de discutir o dia a dia da cidade de São Paulo”,

A preocupação de Chalita tem fundamento, ao menos em se tratando de alguém que esteja coligado com um candidato do Partido dos Trabalhadores. Além das grandes críticas que sofre por conta de sua gestão em São Paulo, Haddad foi atingido em cheio pelo sentimento de rejeição nacional contra o PT. Isso fez com que de imediato, o candidato fosse rejeitado por 45% do eleitorado. Eleito no segundo turno das eleições de 2012 como promessa para o partido, hoje Haddad conta com apenas 11% das intenções de voto (praticamente só a militância petista e de esquerda), e deve ver aniquiladas as chances de um segundo mandato logo no primeiro turno.

O lamento de Chalita é bem semelhante ao murmúrio do candidato petista à prefeitura de Porto Alegre, o deputado estadual Raul Pont. Mesmo em um tradicional colégio eleitoral de esquerda, o petista despencou nas intenções de voto e hoje está no terceiro lugar da disputa com 16% das intenções de voto. Em uma caminhada com militantes, Pont disse que ele e o PT “estavam sendo massacrados pelo noticiário que só falava da Operação Lava Jato”, tentando responsabilizar a imprensa livre pelo repúdio que o partido sofre por parte dos brasileiros.

No caso específico de Haddad e Chalita, mesmo se fossem se basear apenas em temas locais, o prefeito perderia a eleição. As principais críticas feitas à Haddad são justamente problemas locais, como a Crackolandia, a indústria da multa, o abandono da limpeza urbana e das periferias, bem como escândalos na administração municipal. Onde quer que o prefeito olhe, há problemas e eleitores indignados dispostos a retirarem Haddad do cargo.

Anúncios

3 comentários sobre “Vice na chapa de Haddad, Chalita não se conforma que Lava Jato esteja pautando o debate para a prefeitura

  1. Sr. Chalita a culpa não é de ninguém nem de nada, a culpa é toda sua, vai se juntar com um Prefeito que nada fez durante seus 4 anos de mandato, a única coisa que ele tem para mostrar são faixas exclusivas para ônibus e ciclovias, isso porque ele não tem coragem de falar na INDUSTRIA DA MULTA, e a SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, MORADIA e EMPREGO? O que ele tem a dizer?

Deixe uma resposta