Moro diz: “Não são episódios, mas a sistemática de propinas”

Para Sérgio Moro, que decidiu hoje pela prisão temporária de Antônio Palocci, o contexto do envolvimento do ex-ministro da Fazenda e de outros suspeitos da 35ª fase da Lava Jato não é um episódio de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, mas, sim, do recebimento sistemático de propinas.

“O contexto não é de envolvimento episódico em crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro, mas do recebimento sistemático de propinas”, afirma o magistrado.

O juiz também aponta que a relação entre a empreiteira Odebrecht e Palocci remontam a 2006 e se estenderam por anos.

“Observa-se que o fato dele não mais exercer cargo ou mandato público não impediu que continuasse como recebedor ou intermediador de pagamentos, em 2012 e 2013, para o seu grupo politico”, diz.

Anúncios

Um comentário sobre “Moro diz: “Não são episódios, mas a sistemática de propinas”

Deixe uma resposta