Ao dizer verdade sobre Jandira e pedir voto em Freixo, Wyllys é acusado de misoginia e a esquerda fica dividida

O deputado federal Jean Wyllys, do PSOL, atacou neste fim de semana a candidata a prefeitura do Rio e também deputada federal Jandira Feghali, do PCdoB, ao dizer que ela já apoiou Eduardo Paes, do PMDB, enquanto este concorria à prefeitura da cidade em 2012 – o que de fato aconteceu. O deputado também defendeu o voto em Marcelo Freixo, que é candidato a prefeito pelo mesmo partido, o PSOL.

No debate exibido ontem, pela Record, Jandira já chegou acusando Jean Wyllys de ter sido misógino ao pedir que seus seguidores votassem em Freixo.

“Eu lamentei muito o texto dele [Jean Wyllys] porque eu sempre apoiei todas as iniciativas do Jean e nós temos uma relação muito boa na Câmara dos Deputados. Eu lamento porque ele de fato assumiu um papel misógino, agressivo, agredindo uma companheira mulher que está na disputa, tentando reduzir a minha história, uma desqualificação, mas eu sinceramente não reajo a isso porque acho que o eleitor enxerga, a sociedade enxerga e o meu papel está para além das eleições também”, disse Jandira.

Abaixo, o comentário feito por Jean Wyllys a respeito de Jandira Feghali.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Ao dizer verdade sobre Jandira e pedir voto em Freixo, Wyllys é acusado de misoginia e a esquerda fica dividida

Deixe uma resposta