MST é punido com base em lei contra o terrorismo

O Movimento dos “Trabalhadores Rurais” sem Terra, MST, foi punido em Goiás, na cidade de Santa Helena de Goiás, com base na lei antiterrorismo, que foi alterada no início deste ano visando as Olimpíadas do Rio.

O movimento, que é de extrema-esquerda e conhecido por sua violência, teve quatro de seus integrantes com prisão preventiva decretada pelo Ministério Público. Abaixo, o que foi veiculado pela EBC, Empresa Brasileira de Comunicação:

“O Ministério Público de Goiás (MP-GO) acusou os quatro integrantes do MST de formarem uma organização criminosa nos termos do Artigo 2º da Lei 12.850, que foi modificada em março deste ano e passou a prever também punições para grupos terroristas.”

E prossegue:

“Um colegiado formado por três juízes argumentou que a prisão preventiva do grupo se fazia necessária para “garantir a ordem pública”, pois os quatro acusados vinham cometendo “inúmeros atos criminosos e aterrorizando a cidade, o proprietário das terras e seus familiares e os funcionários da fazenda invadida, se escondendo atrás de uma questão social que é a reforma agrária.”

A ordem judicial foi assinada pelos juízes Thiago Brandão Boghi, Rui Carlos de Faria e Vitor Umbelino Soares Junior.

 

Anúncios

5 comentários sobre “MST é punido com base em lei contra o terrorismo

    1. Esses vagabundos deveriam ser todos presos. Aliás deveria acabar de vez com esse MST. Bandidos e vagabundos que deveriam ser jogados no mar ptancomida de Tubarões.

  1. Esse pessoal, de sem terras não tem absolutamente nada, se tem uma coisa que eles tem até demais são terras, elas estão espalhadas por todo o território brasileiro, além disso tem casas e outras propriedades, tais como fazendas, chácaras etc. A única coisa que realmente ele não tem absolutamente, é vergonha, vontade de trabalhar e respeito pelo ser humano descente e trabalhador, pela sua produção, seus bens e máquinas agrícolas. Outra coisa que eles não tem é pena de ninguém, quando partem covardemente para atacar as pessoas indefesas, vão aos bandos com foice, machados e facões. Portanto na minha modesta opinião, mandaria o Exército e a Polícia Federal baixar o pau sem dó e sem piedade, decretava o fim definitivo desse agrupamento de bandidos.

Deixe uma resposta