URGENTE: Eike Batista teria pago propina à campanha de Dilma

O empresário Eike Batista, que deu um depoimento espontâneo – ou seja, não foi delação, como dissemos mais cedo – ao Ministério Público Federal, acabou entregando que a ex-presidente Dilma Rousseff recebeu dinheiro ilícito das mãos dele. Eike relatou que “contribuiu” com R$ 5 milhões a uma empresa que estava ligada a campanha de Dilma Rousseff em 2014 à presidência da República.

Seu depoimento foi o suficiente para decretarem a prisão preventiva de Guido Mantega. Seria ele também o suficiente para prender Dilma?

Anúncios

Deixe uma resposta