Propina de Eike para Lula reforça tese do MPF de que Lula era o chefe do esquema criminoso

A jornalista Malu Gaspar já havia tratado da história da propina de Eike Batista para o Partido dos Trabalhadores. Em determinado trecho, ela cita as relações de Eike com as offshores o então presidente Lula.

Fica explícito que o petista se beneficiou da corrupção, o que reforça ainda mais as denúncias do ministério público de que ele é o chefe do esquema criminoso operado na Petrobras pelo Partido dos Trabalhadores.

Leia aqui:

“A mulher do publicitário João Santana, Monica Moura, prometeu contar em delação premiada aos procuradores da Lava Jato tudo sobre pagamentos recebidos de Eike Batista no exterior. Se contar mesmo tudo o que sabe, conforme noticiou ontem o jornalO Globo, em breve os processos da 13a Vara Federal de Curitiba registrarão a seguinte história:

Corria o mês de abril de 2013 quando um gerente do império X, então vivendo o preâmbulo de sua derrocada final, foi chamado a uma salinha de reuniões. Havia uma missão para ele, delegada por Flávio Godinho, homem de confiança de Eike e seu sócio em varias empresas – incluindo offshores. A tarefa consistia em receber uma mulher que viria entregar uns papéis com indicações para que Eike fizesse um depósito no exterior. Era só receber a mulher e pegar os papéis que ela tinha lhe a entregar. Godinho cuidaria do resto.

Assim foi feito. Em pouco tempo a tal mulher anunciou que havia chegado à sede do grupo X, no edifício Serrador, no centro do Rio. Era a própria Monica Moura, acompanhada da filha, Alice. Simpática, estendeu seu cartão de visitas. Em seguida, entregou um envelope branco ao executivo. Dentro tinha um contrato, que ele de propósito não abriu. Ela disse: ‘Olha, a conta é a Shellbill, você sabe né?’. Nao sabia, mas a Shellbill Finance S.A. é a offshore panamenha que Monica e João Santana controlam, e que recebeu 7,5 milhões de reais da Odebrecht e do operador de propinas Zwi Skornicki. Foram descobertas da Lava Jato. Ao saber quem era Monica, o gerente interpelou o chefe sobre o depósito. A resposta: dinheiro para o Lula”.

Anúncios

Deixe uma resposta