Defensora de bandidos, Maria do Rosário lamenta prisão de Mantega

Famosa por sua postura condescendente com criminosos, a deputada petista Maria do Rosário lamentou a prisão de Guido Mantega mais cedo, no âmbito das investigações da Operação Lava Jato. Para a ex-ministra de Dilma Rousseff, a medida “revela perseguições” e abuso de prisões preventivas.

“Mantega foi preso no hospital, onde esperava esposa sair de cirurgia. Deixou o filho ali sozinho. Que risco oferece? Espetáculo deplorável. A prisão de Mantega no hospital é uma arbitrariedade. O estado coagindo, e não investigando”, escreveu Maria do Rosário no Twitter.

Já no plenário, a petista teria afirmando que a prisão demonstrava “falta de humanidade”. Contrariando as afirmações da petista, o juiz Moro revogou a prisão de Guido Mantega após tomar conhecimento de que o ex-ministro estava acompanhando a cirurgia da esposa, que faz tratamento de câncer no Hospital Albert Einstein.

Anúncios

7 comentários sobre “Defensora de bandidos, Maria do Rosário lamenta prisão de Mantega

  1. Essa corja de pilantras do PT estão com os dias contados o próximo que todos nós brasileiros queremos ver na prisão é ladrão sem dedo lulala etc

  2. Defende e lamenta prisão d bandidos,mas e a Mãe dela?? Aqui em Porto Alegre todos sabemos como a senhora trata sua Mãe,ou melhor,maltrata a sua Mãe,em sua Mansão próximo ao Iguatemi. Tenho pena d sua Mãe,todos ouvem os gritos

Deixe uma resposta