Tal como já fez Gilmar, Moro lacrou ao dizer que processo é oportunidade para Lula se defender

A vida dos petistas tem se resumido a espernear após a denúncia feita pelos procuradores. Estão chorando ainda mais após Sérgio Moro ter aceitado a denúncia nesta terça (20).

Como lembra o Estadão, o afirmou que o processo aberto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta terça-feira, 20, é a oportunidade para ele “exercer livremente sua defesa”.

Agora caberá ao Ministério Público Federal produzir “a prova acima de qualquer dúvida razoável” do envolvimento do petista nos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, dentro do esquema de desvios na Petrobrás.

“É durante o trâmite da ação penal que o ex-Presidente poderá exercer livremente a sua defesa, assim como será durante ele que caberá à Acusação produzir a prova acima de qualquer dúvida razoável de suas alegações caso pretenda a condenação”, escreveu Moro no despacho que aceito denúncia apresentada contra Lula, sua mulher, Marisa Letícia, e outras seis pessoas.

Tal como havia afirmado o ministro do STF Gilmar Mendes, Moro disse que a ação penal – primeira aberta contra Lula, na Lava Jato, em Curitiba – , é “uma oportunidade para ambas as partes”.

Anúncios

4 comentários sobre “Tal como já fez Gilmar, Moro lacrou ao dizer que processo é oportunidade para Lula se defender

    1. A denuncia é feita através de indícios…Mas lógico que os indícios devem ser robustos para o Juiz poder receber…Depois vem a produção das provas. Depois disso é que o Juiz julga.

Deixe uma resposta