Dilma tenta eleger Jandira para fugir de Moro

Desde que deixou a presidência da República, a ex-presidente Dilma Rousseff tem atuado de maneira entusiasmada na campanha da deputada-federal Jandira Feghali à prefeitura do Rio de Janeiro. Ontem ela participou de uma etapa da campanha da candidata do PCdoB em um conjunto habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida.

Em entrevista empolgada ao Globo, Dilma disse:

A gente eleger a Jandira e o Edson (Santos, vice na chapa) é fazer eu voltar. (…) Precisamos de locais de resistência. A prefeitura do Rio é sem dúvida um local de resistência. A gente tem que ter primeiro a humildade de recomeçar sempre. Sem dúvida nenhuma as prefeituras de capitais. Sem menosprezar nenhuma, eu acho que o chamado triângulo das bermudas é um lugar fundamental. Rio, SP, BH, eu colocaria algumas capitais do Nordeste e algumas do Sul, que têm uma força política inequívoca. Faço qualquer sacrifício para apoiar a Jandira. Vou torcer feito doida para que ela chegue no segundo turno, porque aí acho que há uma grande chance de ela virar isso“.

O entusiasmo de Dilma não tem lastro na realidade, já que Jandira está nas últimas colocações com apenas 8%. Fontes indicam que o esforço de Dilma pela comunista seria para descolar uma vaga no improvável secretariado de Jandira. Apesar do aparente apoio, nenhum dos governos petistas e aliados nomeou Dilma para secretária. Sem este cargo, a presidente eventualmente pode ser presa pela Operação Lava Jato. Foi justamente para salvar Dilma das mãos de Sérgio Moro que Ricardo Lewandowski, Renan Calheiros e parlamentares de esquerda perpetraram o golpe que manteve os direitos políticos da presidente cassada.

Anúncios

Um comentário sobre “Dilma tenta eleger Jandira para fugir de Moro

Deixe uma resposta