Renan repete narrativa petista e ataca a Lava Jato

O presidente do Senado Renan Calheiros afirmou que os investigadores da Operação Lava Jato precisam “acabar com o exibicionismo” e fazer denúncias “consistentes”. Investigado por sua participação no esquema criminoso operado pelo Partido dos Trabalhadores na Petrobras, Calheiros resolveu repetir o discurso petista contra o trabalho da Justiça.

“Eu acho que a Lava Jato é um avanço civilizatório, mas a Lava Jato tem a responsabilidade de separar o joio do trigo, acabar com esse exibicionismo, fazer denúncias que sejam consistentes, acabar com o exibicionismo que nós vimos agora no episódio do ex-presidente Lula e vimos em outros episódios porque isso, ao invés de dar prestígio ao Ministério Público, isso retira prestígio do ministério público”, disse Renan.

Renan também teria tomado parte na tentativa de golpe que concederia anistia a políticos acusados de crimes eleitorais, incluindo o caixa 2. Renan nega.

Anúncios

Deixe uma resposta