PT não quer Dilma presidindo fundação do partido, mas a queria na presidência do país

O Partido dos Trabalhadores possui uma fundação ligada a sua sigla, como a maioria dos partidos. A Fundaçao Perseu Abramo existe há 20 anos e é responsável, em teoria, por elaborar pesquisas e estudos para as ideias defendidas pelo partido.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, achou que após a cassação de Dilma Rousseff poderia dar a ela a presidência da fundação. Seu plano, entretanto, encontrou forte resistência dentro do partido, de modo que não irá acontecer.

De acordo com matéria da Folha de São Paulo, “o presidente do partido, Rui Falcão, chegou a convidá-la para a presidência da Fundação Perseu Abramo, vinculada à sigla, mas a iniciativa sofreu tanta resistência que o PT estuda outra alternativa para Dilma: o cargo de presidente do Conselho Curador da fundação, de caráter figurativo.”

Na prática, isso tudo significa que o partido não confia na capacidade de Dilma para gerenciar uma fundação dentro da própria legenda, mas ainda assim a queria na presidência de um país inteiro em crise. É mole?

Anúncios

Um comentário sobre “PT não quer Dilma presidindo fundação do partido, mas a queria na presidência do país

  1. Essa fundação também tem que ir pro espaço!! Tudo que lembra esse partido tem que acabar!! Assim como acabou a “a presidanta”! Que nosso pai fique livre para sempre desse tipo de gente bom ideias contrárias de ética , trabalho e honestidade!!

Deixe uma resposta