Lula foi transformado em réu por Moro, que é concursado

Uma das maiores aberrações do discurso de ataque aos procuradores da Lava Jato, feito por Lula na semana passada, foi o momento em que o ex-presidente ofendeu os concursados:

“Eu de vez em quando falo que as pessoas achincalham muito a política, mas a posição mais honesta é a do político, sabe por quê? Por que todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem que ir pra rua encarar o povo e pedir voto. O concursado não. Se forma na universidade, faz um concurso e tá com um emprego garantido para o resto da vida”, declarou Lula.

O ataque repercutiu pessimamente. O presidente da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), Marco Antônio Araujo Junior, classificou a comparação do ex-presidente como “leviana” e “absurda”.

“Soa muito mal para alguém que dirigiu um país fazer uma comparação leviana desta natureza. Podemos dizer, com convicção, que os aprovados em concursos públicos são extremamente bem preparados, que dedicaram anos de estudo. Menosprezar a categoria para elevar a figura de um político que roubou é uma comparação absurda”, disse.

Hoje vemos a grande ironia: Lula foi transformado em réu por decisão do juiz Sérgio Moro, que é um concursado.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Lula foi transformado em réu por Moro, que é concursado

Deixe uma resposta