Lealdade de Gleisi ao PT tem um preço: R$ 1 milhão

A delação do ex-deputado Pedro Corrêa, do PP, aliado de Lula, trouxe algumas novas informações à tona e reforçaram muitas suspeitas da força-tarefa da Lava-Jato. Uma destas suspeitas recai sobre a aparentemente doentia lealdade de Gleisi Hoffmann ao seu partido, mesmo que suas ações a tenham levado para o inevitável fim de sua carreira.

Segundo Corrêa, a senadora petista recebeu R$ 1 milhão de reais através de Alberto Youssef, o que todos já sabiam. No entanto, o ex-deputado disse que a “doação” foi autorizada diretamente pelo ex-presidente Lula. A origem do dinheiro, é claro, a Petrobrás. O ex-diretor de abastecimento Paulo Roberto Costa foi quem arranjou tudo.

“Era o Lula que mandava. Esse negócio da Gleisi Hoffmann receber R$ 1 milhão, foi o presidente Lula que mandou fazer”, disse Corrêa. Agora tudo faz muito mais sentido.

Anúncios

2 comentários sobre “Lealdade de Gleisi ao PT tem um preço: R$ 1 milhão

  1. AS GARRAS DO SERGIO MORO VAI CHEGAR NESSE ORDINÁRIA E QUESTÃO DE TEMPO…….. .GLEISE…..FILHA DO CAPETA….. ESTÁ CHEGANDO A SUA VEZ……..O LULA VAI PRIMEIRO……..SUA BATATA ESTA ASSANDO………

Deixe uma resposta