Para Gilmar Mendes, decisão de Lewandowski é “verdadeiramente vergonhosa”

Ainda sobre o fatiamento da votação final do processo de impeachment, o golpe que permitiu a Dilma Rousseff continuar com seus direitos políticos, o ministro do STF Gilmar Mendes teceu críticas duras ao seu colega, o ex-presidente da casa, Ricardo Lewandowski.

“Considero essa decisão constrangedora, é verdadeiramente vergonhosa. Um presidente do Supremo não deveria participar de manobras ou de conciliábulos. Portanto não é uma decisão dele. Cada um faz com sua biografia o que quiser, mas não deveria envolver o Supremo nesse tipo de prática”, diz Gilmar.

Anúncios

4 comentários sobre “Para Gilmar Mendes, decisão de Lewandowski é “verdadeiramente vergonhosa”

Deixe uma resposta